quarta-feira, 4 de maio de 2011

the end

Afinal o amor não é inabalável, a saudade é que é incontornável.

6 comentários:

  1. não, meu amor, não é. há muito que ultrapassei esse capitulo da minha vida.

    ResponderEliminar
  2. ahah, arranjei uma bem gira então tive de pôr :p
    je t'aime

    ResponderEliminar
  3. oh, obrigadíssima pelo elogio fico super contente ;) beijinho

    ResponderEliminar