segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

I was not strong



Fiz asneira eu sei ! Voltei a cair nessa tua forma tão doce de falares voltei a abrir-te as portas do me coração a ti voltei a relembrar o passado novamente voltei a fazer tudo como antes. A minha cabeça e o meu coração voltaram a entrar em stand by voltei a ter distrações em simples acções do dia voltei a ter aquelas crises estúpidas de escrever o teu nome em todo o lado ate mesmo quando o espelho se embaciava (…). Eu não queria, juro que não queria voltar a cair nessas tuas “manhas” voltei a criar um caminho a teu lado voltei a ter uma dependência de ti. Em vez de ter cautela e andar devagar precipitei-me quis logo agarrar-te e puxar-te para mim. Gostava de puder abrir-te ao meio e ver de que és feito se dentro de ti existe um coração ou uma pedra, gostava de saber se amas só por amar ou amas mesmo de verdade, o meu coração é pequeno e frágil magoa-se sempre que lhe tocas ou dizes um simples “não”. Depois de por uma capa por cima de ti depois de esquecer os bons momentos depois de esquecer tudo, tu voltas-te (e em força) são estas simples coisas que faz com que volte a nutrir sentimentos por ti, gostava que acabasse, estou demasiado “magoada para repetir a dose”.

12 comentários:

  1. sim, parece que sim. e sinto-me muito bem :)

    ResponderEliminar
  2. és é tonta! o rapaz não merece nem metade do que estás a passar por ele :c

    ResponderEliminar
  3. que bom saber isso fofinha (:
    obrigada.

    ResponderEliminar
  4. onh, que querida *.*
    muito obrigada, é muito bom saber isso (:
    e já agora, força fofinha :x

    ResponderEliminar
  5. mais ou menos. foi gravado um video de turma e nos apareciamos e eu fiz copia da imagem :$

    ResponderEliminar
  6. Eu sei, mas há coisas que a partir de um momento apesar de ser passado é presente e é futuro , sempre.

    ResponderEliminar